Contos de viagem, dicas, vitórias e derrotas

 
 

Dias longos e aquecidos…

pelo mochileiro , em

 

Boa noite galera!

A ânsia de ver neve pela primeira vez foi fundamental na decisão do período que escolhemos pra fazer, Gustavo e eu, o primeiro mochilão pelo velho continente. Fomos em Fevereiro de 2010 e a neve não nos decepcionou. Tinha bastante. O frio, porém, nos surpreendeu. Sinceramente não esperávamos aquilo. Relatamos o que sentimos num dos primeiros posts após a nossa chegada à Paris. Com neve ou não, a capital francesa ganhou disparado o lugar mais frio que visitamos na ocasião.

Tiergarten, Berlim, 2010

A Alemanha, por sua vez, foi o lugar com maior concentração de neve… Apesar do frio não estar tão intenso como em Paris, Berlim estava tomada de branco… Mas a capital Alemã também chamou atenção pra algo que ainda não havíamos percebido nos dias anteriores e em cidades anteriores. No inverno, os dias são mais curtos… Por volta das 16h-17h já está tudo escuro e, em Berlim, as ruas estavam um pouco vazias se comparadas às ruas de Londres, Paris e Amsterdã… Parecia que as pessoas estavam desanimadas de sair de noite e naquele frio…

No entanto, a figura muda quando chega o verão… Os dias curtos vão embora e chega a temporada dos dias longos, mais quentes e mais iluminados… Junho, Julho e Agosto são os meses em que essas características são observadas…

Na primeira viagem que fiz pra fora do país durante as férias do meu trabalho em Agosto de 2008, tive a oportunidade de verificar isso em Vancouver no Canadá…
Sol já brilhando à 5:30h da manhã e dando seus últimos raios de luz lá perto da 21h… Gostava muito disso! Apesar do dia ter a mesma quantidade de horas que um dia de inverno, a impressão que você tem é que nunca acaba; que dá pra fazer tudo; ir à vários lugares… ficar na rua jogando conversa fora e etc…

A nossa volta ao velho mundo acontecerá, se Deus quiser, em Junho-Julho onde o verão mostra sua melhor face! Os longos dias vão ajudar a maximizar o tempo e fazer com que exploremos o melhor das cidades que vamos visitar…

Achei a tebela abaixo para ilustrar o que estou falando sobre a hora que o sol nasce e se põe em alguns dias do verão em Paris e Madrid:

Legal, né?

Pra quem quiser, segue o endereço do site: http://www.timeanddate.com/worldclock/sunrise.html

Até a próxima,

Renato Vieira