Contos de viagem, dicas, vitórias e derrotas

 
 

Copenhague – parte 2: do hippie ao consumismo

Mais um pouco de caminhada por Copenhague e chegamos à estátua da Pequena Sereia (The Little Mermaid), esculpida em 1913 em homenagem ao conto infantil de mesmo nome escrito pelo dinamarquês Hans Andersen em 1837. Essa talvez seja a “grande” atração da cidade (entre aspas pois a estátua é de fato bem pequena). Ainda próximo dali estão o Palácio Real de Amalienborg (Amalienborg Slot), na […]

continua...  

 
 
Nyhavn - from Wikipedia

Copenhague – parte 1: uma grande pequena cidade

Copenhague, Copenhagen, København. Uma grande pequena cidade. Assim pude definir a capital da Dinamarca. Como qualquer capital, é agitada com pessoas para lá e para cá com seus afazeres se misturando aos turistas. Ótima infraestrutura para bicicletas, com sistema público de aluguel, milhares de bicicletários por toda a cidade, malha cicloviária muito desenvolvida e um sistema extremamente organizado. Tudo contribuindo para um tráfego de carros […]

continua...  

 
 

O novo coração de Paris

Após 5 anos de obras, foi inaugurado no dia 5 de abril pela prefeita Anne Hidalgo a parte mais vistosa do novo Les Halles de Paris. A concepção de uma estrutura “leve, fluida e translúcida”, segundo os arquitetos e criadores Patrick Berger e Jacques Anziutti, recebeu o nome de Canopée, algo como “copa” (em referência à copa de uma árvore).   Completamente diferente do que havia […]

continua...  

 
 

Chocolates Suíços: Visita à Maison Cailler

Recentemente escrevi sobre os chocolates suíços que fizeram parte do meu dia-a-dia durante minha viagem pelo país. Na ocasião prometi que falaria um pouco mais sobre o famoso chocolate produzido na Suíça e vou cumprir minha palavra nesse post. Minha ideia é mostrar um pouco da Maison Cailler, uma espécie de fábrica-museu-loja de chocolate que fica em Broc, um pequeno vilarejo próximo a Gruyères. Visitei […]

continua...  

 
 

Chocolates Suíços: Doses diárias!

Durante esse último mochilão pela Suíça houve poucos momentos em que eu “parei pra almoçar” como temos costume de fazer no Brasil. Normalmente, ao meio-dia, eu estava passeando, explorando algum lugar maneiro e parar pra comer comida mesmo quebraria o passeio ou simplesmente não era possível. De qualquer forma, eu precisava estar sempre comendo algo prático, que me mantivesse ligado e com energia pra fazer […]

continua...  

 
 

Gruyères

Gruyères, 2 de Agosto de 2013 No feriado falei pro Michael que gostaria de aproveitar minha estadia em Berna pra visitar cidades da parte francesa da Suíça. Na minha lista pra esse ano estavam Gruyères e Fribourg. Em 2011, Gustavo e eu visitamos a também francófona Genebra. Michael se interessou pela ideia e inclusive se ofereceu pra ir também. Apesar de ter nascido na Suíça […]

continua...  

 
 

arquivo de viagem