Museu de Cera, Dam e Vondelpark

pelo viajante , em

 

Amsterdam, 24 de Junho de 2012,

Depois da novela da chegada, fizemos nosso check-in no albergue, tomamos um banho e já saímos para adiantar o nosso roteiro. A esperança era tentar fazer Kinderdjik em algum outro dia que o sol abrisse.

Museu de Cera Madame Tussauds

Com a chuva leve, resolvemos visitar um museu que estivesse no roteiro. Aline queria ir no museu de cera, Madame Tussauds, que fica na Dam Square, praça central de Amsterdam que falarei um pouco mais pra frente.

Em fevereiro desse ano Aline e eu visitamos um museu de cera em Gramado-RS e as estátuas deixaram um pouco a desejar na minha opinião. Garanti pra ela que no Madame Tussauds seria melhor baseado no que eu havia visto em 2009 na “filial” de NYC.

Não compramos o ticket antecipado e não vimos o desconto do albergue. Papamos mosca, pegamos fila e pagamos 3 euros mais caro cada. Paciência.

Neném americana na nossa frente na fila…

Lá dentro foi divertido. Aline dançou com o holograma do Chaplin e tudo mais. Eu achei o museu menor comparado com o de NYC. O tour acabou rapidinho. Particularmente achei o valor do ticket alto para o que o museu oferecia…

Aline e Chaplin

Anne Frank, “personagem” local…

Julia Roberts não me deu idéia…

Rafael van der Vaart, jogador da Holanda

Dam Square,

Na saída paramos para tirar uma fotos na praça central de Amsterdam, a Dam. Os principais edifícios que cercam a praça hoje são O Palácio Real que foi construído originalmente como câmara municipal e depois ficou a disposição dos monarcas; a Nieuwe Kerk, igreja do século 15; o monumento nacional em homenagem aos mortos na segunda guerra e guerras subsequentes e por fim o próprio edifício do museu de cera Madame Tussauds.

Palácio Real de Amsterdam

A tarde estava terminando e a fome batendo… Andamos um pouco pela região da Dam, vendo as lojinhas e as pessoas na cidade… Na minha opinião o que faz de Amsterdam uma cidade especial além da arquitetura, dos canais e das bikes é a atmosfera informal da cidade…

lojinhas perto da Dam

Souveniers do Ajax, time da cidade

cidade das bikes

tram passando…

Bicicletas de Amsterdam

Falando em bicicletas, percebemos um negócio interessante por lá…. A grande maioria das bicicletas que vimos na cidade são bicicletas simples… Roda, pedal, guidão, freios, banco e sino. Sem marchas, sem amortecedores sem esse monte de apetrechos que vemos nas bicicletas no Brasil… E olha que os cidadãos de Amsterdam usam mesmo suas bicicletas diariamente pra ir ao trabalho, estação de trem, mercado, tudo… Já li estatísticas do tipo: “Amsterdam tem 700 mil habitantes e existem 644 mil bicicletas na cidade” ou “em cada 10 pessoas em Amsterdam 8 possuem uma bicicleta”

bicicletas simples de Amsterdam

bicicletas simples de Amsterdam

bicicletas simples de Amsterdam

essa é de madeira.. achei massa…

Eu particularmente não pedalei em Amsterdam… Acho o tráfego de bicicletas lá muito louco… Já andei em Bruges e as Velib’s de Paris me esperam! 🙂

Vondelpark

Pra terminar o dia passamos no mercado Albert Heijn que é como se fosse o Franprix e o Monoprix em Paris. Espalhado por todo canto. Pegamos um lanchinho rápido e seguimos para o gelado Vondelpark antes de finalmente irmos descansar no albergue para o dia seguinte que seria mais puxado…

Entrada do Parque

Galera entrando…

roxo de frio no Vondelpark

No próximo post mais de Amsterdam.

Abcs

Renato Vieira

Veja também:


  voltar à página inicial