Em Berna, mais uma vez!

pelo viajante , em

 

Berna, 31 de Julho de 2013

Cheguei em Berna por volta das 13hs. Fui andando com minha mala da estação de trem, Bern Bahnhof, até o Bundeshaus, onde fica a sede do governo da Suíça. Atrás do Bundeshaus, na parte baixa, existe um pequeno bairro chamado Marzili… foi pra lá que fui.

Albergue da Juventude de Berna

Essa era minha terceira vez em Berna. Na primeira, em 2010, Gustavo e eu ficamos na casa do Michael. Na segunda vez, um ano depois, Michael e Cristina estavam com Lorenzzo recém nascido. Gustavo e eu decidimos então ficar no Bern Backpackers Hotel Glocke, um bom albergue da rede Swiss Hostels, bem no centro medieval de Berna.

Por ter ficado mais de seis noites em albergues da rede Hostelling International na eurotrip do ano passado, acabei ganhando um cartão de sócio da rede por um ano. Para aproveitar os descontos que esse cartão confere, deixei o já aprovado Bern Backpackers de lado e reservei uma cama no albergue da juventude de Berna.

A primeira impressão desse albergue já não foi das melhores. Além de não ter nenhum comércio em volta, a recepção estava fechada. Lembrei logo do trauma que tive com o auberge de jeunesse de Colmar… mas nem era pra tanto.

Diferente do que aconteceu na França, o albergue em Berna estava aberto, servindo almoço, com gente por toda parte, e havia sombra e água fresca. Parei pra almoçar e quando terminei a recepção já estava reabrindo.

Bern Old Town em obra

Por volta das 17hs, subi de Marzili para o Bundeshaus no pequeno funicular que serve a área. Já lá em cima, avistei o Eiger, Mönch e o Jungfrau; o trio de montanhas gigantes que eu havia deixado pra trás quando saí de Grindelwald. Engraçado que nunca tinha notado esses montes das outras vezes que estive em Berna…

Os alpes vistos de Berna

Cruzei a Bundesplatz e Bärenplatz em direção ao centro medieval. Nesse momento fui surpreendido com várias ruas interditadas para obras de restauração dos trilhos dos bondes. O centro medieval de Berna é considerado pela UNESCO como World Heritage Site ou patrimônio da humanidade.

Bärenplatz e o Bundeshaus no fundo

Zytglogge

Passei por debaixo das arcadas da Marktgasse e cheguei a Kramgasse, uma das poucas ruas do centro medieval que estava livre das obras. É na Kramgasse que está um dos principais símbolos de Berna, o Zytglogge. Essa torre medieval do século 13 já foi portão da cidade e abriga um relógio comum e um relógio astronômico.

Zytglogge

Kramgasse com o Zytglogge ao fundo

Eu na Kramgasse com o Zytglogge ao fundo

A fonte Zähringerbrunnen de costas pra foto na Kramgasse

Já na Gerechtigkeitsgasse quase chegando na Nydeggasse

Nydeggedbrücke e Bärengraben

Na sequencia, parei um pouco na Nydeggedbrücke, uma ponte de onde se tem uma vista sensacional do Rio Aare. No final dessa ponte está o Bärengraben, uma área onde alguns ursos ficam expostos ao público. Como o dia estava quente, os peludinhos estavam mais preguiçosos do que o usual.

Vista do Rio Aare da Nydeggbrücke

Vista do Rio Aare da Nydeggbrücke

Vista do Rio Aare da Nydeggbrücke

bn12

bn13

Refrescando os pés no Aare

A vista do Aare era convidativa. Como falei, fazia um dia quente e eu sabia que as águas do Aare são beeeem geladas. Acabei não resistindo e desci pra me refrescar. Claro que não mergulhei mas colocar os pés na água já ajudou muito. Fiquei relaxando por lá por um bom tempo… mais uma coisa que eu não havia feito antes em Berna!

Curtindo a água gelada do Rio Aare

Curtindo a água gelada do Rio Aare

Volta pro albergue

Voltei pro albergue caminhando por uma trilha que beirava o Aare. Não conhecia esse caminho e achei bem legal. Mais próximo do hostel, já escuro, avistei e fotografei o Bundeshaus iluminado.

Trilha beirando o Aare

Trilha beirando o Aare

Bundeshaus, sede do governo suíço em Berna

Assim terminou meu primeiro dia em Berna. No dia seguinte seria feriado nacional, o dia da Suíça e me encontraria novamente com Michael e família.

Conto como foi no próximo post.

Abcs

Renato Vieira

Veja também:


  voltar à página inicial