Dia Nacional da Suíça com os suíços – parte 1

pelo viajante , em

 

Berna, 1 de Agosto de 2013

Primeiro de Agosto na Suíça é feriado. Trata-se do Dia Nacional, o sete de setembro deles. Comemora-se nessa data o estabelecimento da confederação Helvetica.

Nos idiomas oficiais do país o feriado chama-se: Schweizer Bundesfeier (alemão); Fête nationale Suisse (francês) ou Festa nazionale svizzera (italiano).

Para celebrar a ocasião, Michael e Cristina me convidaram para um brunch (mistura de café da manhã com almoço) na casa deles. Achamos que seria uma boa oportunidade para eu conhecer um pouco mais da cultura suíça.

Seria a primeira vez que eu veria Cristina e o pequeno Lorenzzo em mais de dois anos. Já o Michael, eu havia encontrado no dia 28 quando fomos juntos a Mürren e Gimmelwald.

1 August-Weggen

Michael e eu nos encontramos no albergue por volta das 10hs da manhã e subimos pro centro medieval para comprar 1. August-Weggen, um pão tradicional feito exclusivamente para o Dia Nacional da Suíça. Esse pãozinho tem o corte da cruz da bandeira da Suíça e as famílias tem o costume de comê-lo no primeiro de Agosto.

Na bike do Michael, na Gerberngasse

No caminho vimos uma galera amontoada e ouvimos um som de violino vindo das arcadas da Kramgasse. Era uma menina tocando para o público em troca de algum dinheiro.

A garota era talentosa e a acústica das arcadas fazia o som ficar ainda mais bonito e forte. Paramos um pouco pra ouvir e aproveitei pra fazer um vídeozinho da performance.

Concerto de violino nas arcadas da Kramgasse

Chegando pro Brunch

Pães comprados, seguimos pro apartamento do Michael. Lá encontrei um Lorenzzo bem mais crescidinho do que quando o vi pela primeira vez em 2011. O moleque é muito simpático, receptivo e tranquilo! Há dois anos o pequeno só tinha um mês de vida e tudo que queria fazer era chorar e mamar.

Agora, mesmo com a barreira da língua, Lorenzzo ria e brincava comigo. Falava pelos cotovelos e me apelidou de “Tato” já que Renato ficava difícil pra ele! rsrs

O idioma que Lorenzzo mais fala é o italiano. Isso porque ele passa muito tempo com os avós maternos que são da Itália além da própria mãe dele que usa mais o italiano quando fala com ele.

Pra mim foi bastante interessante ver o pequeno conversado com o pai em alemão e com a mãe em italiano. Eu ficava imaginando se ele tinha noção que estava falando dois idiomas diferentes… rs Na verdade acho que não… A suíça é um país menor do que o estado do Rio de Janeiro e têm 4 idiomas oficiais. Deve ser muito comum entre eles o fato de crescer falando mais de um idioma…

A propósito, Cristina trabalha pro governo suíço fazendo o que??? Traduzindo documentos. Ela fala inglês, espanhol, italiano, alemão, francês e quer aprender português. Maneiro, né? Ela continua simpática, receptiva, comunicativa e farta na cozinha, fazendo jus a sua origem italiana!

O brunch estava servido. Diferentes queijos, presunto, ovos mexidos, temperos, molhos, grãos, salame, frutas, pães etc, etc e etc. Só de lembrar dá água na boca!

Michael ajeitando a mesa pro brunch

1. august weggen  o pão do feriado!

Michael e o pequeno Lorenzzo

Depois de muito papo e boa comida, Michael resolveu que me mostraria outra coisa típica de Berna. Combinamos de ir tomar banho de rio no Aare. Eu não estava com roupa de banho então teria que voltar pro albergue pra pegar.

Cristina por sua vez tinha um encontro com uma amiga de Genebra que estava em Berna e levaria o Lorenzzo com ela. Antes de seguirmos nossos caminhos, tiramos umas fotos pra recordar o momento. Michael vestiu uma camisa do Flamengo que Gustavo e eu demos pra ele em 2010! rs

Cristina, Renato, Lorenzzo e Michael em Berna

Cristina, Renato, Lorenzzo e Michael em Berna

Lorenzzo querendo ir pro chão! rs

Michael com a camisa do Mengão!

No próximo post continuo contando como foi o resto do Dia Nacional da Suíça com os suíços!

Abcs

Renato Vieira

Veja também:


  voltar à página inicial