Contos de viagem, dicas, vitórias e derrotas

 
 
 
 

O novo coração de Paris

Após 5 anos de obras, foi inaugurado no dia 5 de abril pela prefeita Anne Hidalgo a parte mais vistosa do novo Les Halles de Paris. A concepção de uma estrutura “leve, fluida e translúcida”, segundo os arquitetos e criadores Patrick Berger e Jacques Anziutti, recebeu o nome de Canopée, algo como “copa” (em referência à copa de uma árvore).   Completamente diferente do que havia […]

continua...  

 
 

Nice, a pequena grande cidade da Côte D’Azur

Quem vai pra Côte D’Azur geralmente se baseia em Nice. Daqui, em menos de 2h de ônibus chega-se em Cannes e em Mônaco. É a cidade mais movimentada da região, possui 350 mil habitantes. Comer aqui pode ser mais desafiador do que em outras cidades francesas. Eu particularmente usei e abusei de fast foods nos quatro dias que estive por lá. Pode-se encontrar algumas poucas […]

continua...  

 
 

Mochileiros de patente alta

Situado na Côte D’Azur e banhado pelo Mar Mediterrâneo, o Principado de Mônaco é uma das 48 monarquias ainda vivas na atualidade. É famoso por sediar o World Music Awards, por reunir muitos mi/bilhonários em férias passeando em carrões ou em mega Iates e apostando no Cassino Monte-Carlo… mas é especialmente famoso por receber o Grande Prêmio de Fórmula 1, no circuito de rua de […]

continua...  

 
 
Metrô de Paris

Passe NAVIGO Découverte

Que o metrô de Paris é um dos mais robustos e charmosos do mundo, não pairam dúvidas. São 16 linhas (3bis e 7bis inclusas) por onde passam diariamente mais de 4,13 milhões de passageiros. Acompanhando o ritmo das linhas, há também muitas opções de passes de transporte. Para moradores, estudantes, visitantes e idosos… O céu é o limite! Em minha última visita à Paris decidi […]

continua...  

 
 

Supermercado Amigo

Mochileiro que é mochileiro economiza comprando comida no mercado, certo? Nessa última viagem me dei conta que realmente a experiência conta muito, até na hora de escolher o supermercado. Genericamente, podemos dizer que os mercadinhos são os mais baratos, mas não aqueles mercadinhos muito “inhos”… não estou falando de mercearia, vendinha, quitanda… é só fazer uma analogia básica: Aqui no Rio de Janeiro um supermercado […]

continua...  

 
 

arquivo de viagem