Contos de viagem, dicas, vitórias e derrotas

 
 

Le Grenier de Notre Dame – O primeiro restaurante vegetariano de Paris

Paris, 26 de Novembro de 2017 Quando descemos das Torres de Notre Dame, a fome já estava batendo e a hora bem avançada! Tínhamos que parar para almoçar e repor as energias antes de continuar nosso passeio. Em busca de um restaurante, começamos a andar em direção ao quartier latin quando avistei algo que sem dúvidas agradaria muito a Bea (e a mim nem tanto […]

continua...  

 
 

Navegando pelo Rio Sena com a Bateaux Parisiens

25 de Novembro de 2017 Dando sequencia ao relato de viagem desse dia 25/11… Depois que desistimos da fila da bilheteria do Musée D’Orsay, permanecemos na frente do museu por um tempo, ouvindo música ao vivo que era tocada por artistas de rua. Porém, não demorou muito e a fome bateu. O horário também já estava avançando. Precisávamos achar um lugar para almoçar antes de […]

continua...  

 
 

Vero Dodat, Aux Délices de Manon e Grande Roue de Paris

Paris, 24 de Novembro de 2017 Assim que finalizamos nossa sessão de fotos, literalmente corremos para o Restaurante Vero Dodat onde tínhamos reserva para o almoço. Amanda queria ir no banheiro e a gente estava com bastante fome! Esse restaurante fica dentro da quase bicentenária Galerie Vero Dodat, uma das tradicionais “Passages de Paris“, localizada bem pertinho do Louvre e do Palais Royal. Ao chegar […]

continua...  

 
 

Paris – Primeiro dia em família

Paris, 22 de Novembro de 2017 Dando sequencia a história dessa viagem… Do aeroporto Charles de Gaulle fomos até a Rue du Faubourg Montmartre, no 9° arrondissement, (falo aqui sobre os bairros de Paris) onde tínhamos um apartamento reservado via Airbnb. Ainda era cedo, cerca de 9AM quando chegamos, e a entrada no apê deveria ocorrer somente na parte da tarde. Sabendo que chegaríamos cedo, […]

continua...  

 
 

Copenhague – parte 2: do hippie ao consumismo

Mais um pouco de caminhada por Copenhague e chegamos à estátua da Pequena Sereia (The Little Mermaid), esculpida em 1913 em homenagem ao conto infantil de mesmo nome escrito pelo dinamarquês Hans Andersen em 1837. Essa talvez seja a “grande” atração da cidade (entre aspas pois a estátua é de fato bem pequena). Ainda próximo dali estão o Palácio Real de Amalienborg (Amalienborg Slot), na […]

continua...  

 
 
Nyhavn - from Wikipedia

Copenhague – parte 1: uma grande pequena cidade

Copenhague, Copenhagen, København. Uma grande pequena cidade. Assim pude definir a capital da Dinamarca. Como qualquer capital, é agitada com pessoas para lá e para cá com seus afazeres se misturando aos turistas. Ótima infraestrutura para bicicletas, com sistema público de aluguel, milhares de bicicletários por toda a cidade, malha cicloviária muito desenvolvida e um sistema extremamente organizado. Tudo contribuindo para um tráfego de carros […]

continua...  

 
 

arquivo de viagem