Do Danúbio ao Sena voando Niki

pelo viajante , em

 

Viena, Paris, 3 de Julho de 2012

Check-out e saída pro Danúbio

Esse foi nosso último dia em Viena. Acordamos, tomamos café, fizemos check-out e depois colocamos nossas malas no luggage room pois não íamos direto para o aeroporto. Nosso voo era só as 16h. O tempo porém era apertado. A única coisa que faríamos nesse dia era dar uma olhada no grande rio Danúbio, o Donau, como eles chamam por aqui. Passamos por ele de trem quando chegamos a Viena mas foi muito rápido. Dessa vez fomos pra ficar um pouco lá, dar uma caminhada, lanchar e ver as pessoas que pedalam, caminham, fazem picnics  nas margens do rio e outras que realmente se refrescam em suas águas.

Da Westbahnhof pra Donauinsel

Pra chegar lá pegamos o u-bahn (metrô) na Westbahnhof, mesma estação onde mais tarde pegaríamos o ônibus para o aeroporto de Viena. Desceríamos na estação Donauinsel. Durante o percurso viemos conversando com duas senhoras que ficamos na dúvida se eram austríacas mesmo de tão faladoras que eram. Uma falava com agente em inglês e a outra só em alemão enquanto a amiga ia traduzindo. Perguntaram o que agente estava achando de Viena, se estávamos fazendo uma viagem por toda europa etc… Comentei do calor com elas, que eu não esperava que fosse assim tão quente… ela disse que eu devia estar acostumado e que pra mim todo aquele calor não devia ser problema pois eu era do Brasil. Na verdade durante a conversa toda elas estavam achando que Aline e eu éramos da Africa, só no final que eu disse que era brasileiro rsrs.

prédio da OBB Westbahnhof

Donauinsel u-bahn

Danúbio,

Descemos da estação e começamos nossa caminhada nas margens do Danúbio. Estava muito calor como sempre esteve desde que chegamos a cidade. Passamos ao lado de um jato d’agua gigante, tipo esses de regar jardim, só pra receber um pouco daquele fresquinho e aliviar a temperatura… Nessa hora deu vontade de mergulhar… Assim como aconteceu em Barcelona quando fomos até a Platja de la Barceloneta cheios de roupa e decidimos comprar roupas de banho que não tínhamos levado só pra mergulhar e aliviar o calor…rs mas aqui não daria pra fazer isso pois íamos voar em poucas horas e já tínhamos feito check-out o que dificulta poder tomar um banho, trocar de roupa e etc…

Danúbio

Kaiser-Jubiläums-Kirche vista do Danúbio

pegando uma cor no Danúbio

Danúbio

Danúbio

Danúbio

Danúbio

Danúbio

Depois de andar bastante fomos lanchar um hotdog frankfurter e uma limonada de capim limão muito ruim numa lachonetezinha no alte donau que é um canal artificial feito pra ajudar a conter as cheias do Danúbio. Vimos que existem clubes ali naquela área e também colônias de férias para crianças.

Bus pro Aeroporto e o último Apfelstrudel

Voltamos pro hotel, pegamos nossas malas e na Westbahnhof pegamos nosso bus pro aeroporto. Mais um item com desconto do Viena Card 72h. Valeu muito a pena ter pego esse passe. Já no aeroporto comemos nosso último e melhor apfelstrudel. Macio, fresquinho, com bastante recheio… Finalmente experimentamos o verdadeiro apfelstrudel vienense!  A busca havia sido concluída com sucesso! hehe

Apfelstrudel no aeroporto de Viena

Apfelstrudel no aeroporto de Viena

Flying Niki

A surpresa do dia ficou por conta da companhia área que voamos pra Paris. A Niki é uma cia low cost da air berlin, empresa alemã que inclusive voamos com eles no trecho BerlimZurique em 2010. Esperávamos que a Niki fosse ser estilo easyjet cheia de pagamentos adicionais, sem lanche, pagando por água, aviões super simples e tal. Totalmente o contrário. Avião novinho, lanche gratuito servido a bordo, sem aquela desorganização de fila típica da easyjet… Muito legal… Foi uma surpresa agradável essa Niki… Outro destaque dessa companhia é o uniforme das aeromoças…. Bem longe do convencional… Blusa e chapéu rosa pink e calça jeans escura… Nunca tinha visto isso…rs

Nossa aeronave Niki no aeroporto de Viena

Aeromoças Niki

Aeromoças Niki

Niki

Niki

Mapa de vôo

Lanchinho… Metade de um sanduba…rs

De volta a Paris, última semana de viagem

Voo curto e agradável. Chegamos novamente ao aeroporto Charles de Gaulle em Paris com um sentimento de pena… a viagem estava quase acabando… mais uma semana e estaríamos de volta ao Brasil. Pouco mais de seis meses de planejamento para vinte e dois dias de viagem que estavam pra acabar… Sentimento de saudade a parte, levantamos a cabeça e pegamos o RER (serviço de trem urbano gerido parcialmente pela RTAP e pela SNCF) do aeroporto ao centro de Paris. Era hora de aproveitar e fechar a viagem com chave de ouro na cidade da luz! Transferimos do RER pro metrô na estação Chatelet que é simplesmente gigante! Eu já tinha o quanto se anda nas estações de metrô e trem parisienses… especialmente nas que tem conexões com outras linhas e outros serviços como RER, metrô, TGV etc…

Torre Eiffel,

Fizemos check in no AIJ, albergue que eu já havia ficado nas outras duas vezes que estive em Paris. Tomamos banho, trocamos de roupa e fomos pra rua comer uma pizza e ver a única atração da noite que era a Torre Eiffel iluminada. O champs de mars estava bem agitado, bem cheio de gente e chegamos certinho às 22h, horário que a torre começa a piscar. O cheirinho da erva estava forte! Me lembrou a primeira noite em Bruxelas. Pegamos o metrô de volta pro albergue depois da piscada das 23h. É bom estar de volta à Paris! 😀 No próximo post conto mais!

Aline no Champs de Mars 🙂

Abcs

Renato Vieira

Veja também:


  voltar à página inicial